Filter JavaScript: filtrando e gerindo dados

Nesse artigo, exploramos o método filter JavaScript. Trata-se de uma ferramenta útil de seleção de elementos específicos de um conjunto de dados. Ele é capaz de filtrar os elementos que atendem a certas condições, criando um novo array com esses elementos.

Esse é um método notável em programação, sendo usado em desenvolvimento web para filtrar e exibir dados em uma página.

Explicitamos, também, o motivo para usar o `filter` e como pode ser eficiente para controle e seleção de dados. Bem como para automatizar processos.

Siga a leitura e aprenda mais sobre filter JavaScript e como usar nos seus códigos.

filter javascript

Introdução: O que é Filter JavaScript?

O método `filter` é uma ferramenta muito útil para selecionar elementos específicos de um conjunto de dados, como um array. Ele filtra os elementos que atendem a certas condições, criando um novo array com esses elementos.

Vamos, então, prosseguir com um exemplo dentro da rotina comum:

Imagine que você está organizando uma coleção de livros. Cada livro tem uma cor de capa, e você quer separar apenas os livros de capa vermelha. O método `filter` em JavaScript funciona de maneira semelhante a essa situação.

Pense no array como sua estante de livros e nos critérios de seleção como a cor da capa que procura. O método `filter` percorre cada elemento do array e verifica se corresponde aos critérios que definiu. Se corresponder, é incluído em um novo array; caso contrário, é ignorado.

O método `filter` é notável em programação, sendo usado em desenvolvimento web para filtrar e exibir dados em uma página. Em um site de comércio eletrônico, por exemplo, pode mostrar produtos dentro de certa faixa de preço.

O motivo para usar o `filter` é a eficiência e controle, portanto. Em vez de percorrer manualmente o array, o `filter` automatiza o processo. Isso torna o código mais limpo, legível e fácil de manter. Também economiza recursos, ao lidar apenas com elementos relevantes.

Componentes principais da função filter em JavaScript

  1. Array Original: este é o array inicial no qual você deseja aplicar o filtro. A função filter não altera o array original; em vez disso, ela cria um novo array contendo os elementos filtrados;
  2. Função de Teste: No método filter, você fornece a função de teste como argumento. O método aplica essa função a cada elemento do array original e espera um valor booleano (verdadeiro ou falso) como retorno. Se a função retornar true para um elemento, ele será adicionado ao novo array; caso contrário, será removido;
  3. Novo Array Filtrado: a função filter cria um novo array. Ele irá conter apenas os elementos para os quais a função de teste retornou true. Isso resulta em um array filtrado que mantém a ordem dos elementos conforme eles aparecem no array original.

Aqui está um exemplo prático de uso da função filter em JavaScript para melhor compreensão:

Suponha, então, que temos um array de números inteiros: [10, 5, 8, 3, 15, 20]. E queremos filtrar apenas os números maiores que 8. Podemos fazer isso da seguinte maneira:

const numeros = [10, 5, 8, 3, 15, 20];

const numerosFiltrados = numeros.filter(function(numero) {

  return numero > 8;

});

console.log(numerosFiltrados); // Saída: [10, 15, 20]

Neste exemplo, estamos aplicando a função filter a cada elemento do array “numeros”. A função de teste está verificando se o número é maior que 8.

Os números que atendem a essa condição são incluídos no novo array numerosFiltrados.

Portanto, a função filter em JavaScript é uma ferramenta poderosa para selecionar elementos específicos de um array com base em critérios definidos. Logo, isso permite que você crie um novo array contendo apenas os elementos desejados.

Utilizando Callbacks com o método Filter JavaScript

O uso de callbacks com o método filter é uma abordagem poderosa para criar condições precisas ao filtrar elementos de uma coleção. Uma função de retorno (callback) é, portanto, uma função passada como argumento para outra função. 

Essa função de callback é ativada quando um evento específico ocorre ou quando uma tarefa é finalizada. É uma maneira de definir um comportamento personalizado que ocorrerá em resposta a um evento ou ação.

Aqui está um exemplo genérico de como você pode usar callbacks com o método filter:

// Exemplo em JavaScript

const numbers = [1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10];

// Filtrar números pares usando um callback

const evenNumbers = numbers.filter(function(number) {

return number % 2 === 0;

});

console.log(evenNumbers); // Saída: [2, 4, 6, 8, 10]

Aplicação do método Filter JavaScript

Primeiramente, o método “filter” é diretamente aplicado a um array e requer um argumento obrigatório: uma função de callback. Essa função atua como um filtro, determinando a inclusão ou exclusão de elementos no novo array resultante.

A função de callback recebe cada item do array original como parâmetro e deve retornar um valor booleano (true ou false). Se o retorno for true, o elemento atual é mantido no novo array; se for false, é excluído.

Por exemplo, ao aplicar o método “filter” a um array, a função de callback é executada em loop para cada elemento. Logo, isso possibilita a avaliação individual e a tomada de decisões com base nos critérios definidos.

Além disso, o método “filter” tem ampla aplicação e versatilidade. É comumente usado para buscar informações específicas em conjuntos de dados. Suponha ter um array de objetos de produtos e a intenção é selecionar produtos em estoque com preço abaixo de certo valor. O método “filter” torna isso eficiente e legível aplicando a lógica de filtragem.

Alternativas para o método Filter

Em Python

Em Python, podemos usar a função filter() em combinação com uma função de filtro para filtrar elementos de uma lista. A função de filtro deve retornar True ou False para cada elemento, determinando se ele será incluído no novo iterável resultante.

# Filtrando números pares de uma lista em Python

numeros = [1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10]

numeros_pares = list(filter(lambda x: x % 2 == 0, numeros))

print(numeros_pares)  # Saída: [2, 4, 6, 8, 10]

Em Java

Em Java, podemos usar a classe Stream e o método filter() para filtrar elementos de uma coleção. Assim como no JavaScript, o método filter() recebe um predicado (função que retorna um valor booleano). Isso irá determinar quais elementos serão incluídos no novo stream resultante.

import java.util.ArrayList;

import java.util.List;

import java.util.stream.Collectors;

public class FilterExample {

public static void main(String[] args) {

     List<Integer> numeros = new ArrayList<>();

     numeros.add(1); numeros.add(2); numeros.add(3);

     numeros.add(4); numeros.add(5); numeros.add(6);

     List<Integer> numerosPares = numeros.stream()

                                        .filter(numero -> numero % 2 == 0)

                                        .collect(Collectors.toList());

     System.out.println(numerosPares);  // Saída: [2, 4, 6]

}

}

Em C#

Em C#, a classe IEnumerable possui o método Where() que é equivalente ao filter do JavaScript. Ele permite filtrar elementos com base em um predicado.

Este artigo foi útil?

Obrigado pela resposta!
Daiana S

Daiana S

Graduada em Letras pelo Instituto Federal da Paraíba e especializada em redação geral. Gosto de escrever sobre tudo e me dedico em vários níveis de expressividade. No geral, todos os meus hobbies giram em torno de escrever alguma coisa e fazer isso bem.

Contato: daiana.blog@homehost.com.br

Ganhe 30% OFF

Indique seu nome e e-mail,e ganhe um cupom de desconto de 30% para sempre na Homehost!