O que é domínio próprio?

O que é Domínio Próprio?

Entender o que é um domínio e como ter o seu domínio próprio é essencial para qualquer pessoa ou empresa que deseja ter presença digital. Apesar de ser simples, muitas vezes surgem dúvidas. O objetivo desse artigo é garantir que você tenha o conhecimento fundamental sobre esses temas! Inicialmente precisamos entender o que é um domínio, como ele funciona e o que é um subdomínio, só então poderemos compreender o que é um domínio próprio e qual seu diferencial. Portanto, veremos os seguintes tópicos:

O que é um Domínio

De uma forma bem simples, podemos resumir o termo Domínio como o endereço do seu site e e-mails na internet.

Hospedagem de sites

Dentro da internet, toda máquina possuí um endereço IP. O IP é um conjunto de números que funcionam como se fosse um endereço físico. Porém, seria bem complicado ficarmos memorizando endereços IPs. Imagine precisar decorar milhares de sequências numéricas? Seria bem complicado o uso da internet da forma que conhecemos hoje, não é mesmo? Portanto, o nome de domínio surgiu para poder resolver isso e tornar mais prático a memorização de endereços na internet.

O nome de domínio é um conjunto de caracteres que serve para localizar e identificar você ou sua empresa na Internet. Como por exemplo: “homehost.com.br“. Observe portanto que um nome de domínio é composto por um nome e seguido de uma extensão. No caso do nosso exemplo o nome de domínio é homehost e a extensão utilizada é a .com.br.

Dessa forma, ao digitarmos a URL meudominio.com.br no navegador, estaremos acessando toda a aplicação web disponível no servidor que estiver comportando este domínio.  Através disso, é possível também ter o seu e-mail com domínio próprio, como, por exemplo, contato@meudominio.com.br.

Ao utilizar a internet, você pode perceber que jamais haverá dois sites com o mesmo domínio. Portanto, os domínio são únicos. Porém observe que uma página pode possuir mais de um domínio, entretanto, um domínio não pode ser utilizado por mais de uma página. Por isso é comum encontrarmos empresas grandes podendo ser acessadas por diferentes domínios, mudando apenas sua extensão. Por exemplo, google.com e google.com.br são dois domínios diferentes, mas que levam a mesma página.

Como funciona o Domínio

As máquinas utilizam o endereço IP para poder localizar uma às outras. Ao digitarmos uma URL no navegador, estamos realizando uma requisição. Esta requisição inicialmente é enviada ao servidor DNS (Domain Name System), uma rede global de servidores. Dessa forma, ele consegue localizar o IP dos servidores referente ao nome de domínio digitado, permitindo assim a comunicação entre os computadores.

Ainda não tem um www

Posteriormente, a requisição é enviada aos servidores responsáveis pelo conteúdo da página, e assim realizam o processamento e a resposta do mesmo. Geralmente, o gerenciamento dos servidores costuma ser feito por sua companhia de Hospedagem. Então, se você está hospedando seu website na Homehost, a Homehost encaminhará seu pedido diretamente ao servidor web responsável por seu site.

Por fim, o servidor web retorna então uma resposta ao navegador, permitindo que finalmente o usuário tenha acesso a página ou aplicação web desejada.

Ou seja, quando você digita um nome de domínio em seu navegador, ele utilizará esse nome para identificar o IP correspondente, e posteriormente conseguirá se conectar a máquina através do endereço IP, realizando assim a renderização da página desejada.

Subdomínio

O subdomínio nada mais é que uma divisão do domínio. Ou seja, é um endereço que faz parte de um domínio. Ao possuir um domínio, você pode criar quantos subdomínios quiser a partir dele.

O subdomínio posiciona-se à esquerda do domínio. Por exemplo, no domínio meudominio.com, podemos criar alguns subdomínios, como:

  • blog.meudominio.com
  • forum.meudominio.com

Portanto, os subdomínios podem ser utilizados de diversas formas. É muito comum que seja utilizado para separar algumas partes de um site da página principal do mesmo, como nos exemplos acima, criando um subdomínio para o blog e outro para o fórum. Isso gera uma maior autonomia para cada uma dessas partes do site.

Existem diversas empresas que permitem a utilização de seus domínios para a criação de páginas através de subdomínios.

Um grande exemplo disso é o WordPress.com que permite a criação de sites gratuitamente, porém como subdomínio da mesma. Por exemplo, ao criar um blog gratuito no wordpress.com, o endereço seria algo como meusite.wordpress.com. Isso representa que seu site pertence ao domínio wordpress.com. Dessa forma, você fica restrito as regras deles, e ao servidor deles, tornando-se dependente da empresa do domínio principal. Pode ser uma boa opção para páginas simples, como blogs pessoais, porém para um site de uso comercial ou empresarial, o ideal é possuir seu domínio próprio.

O que é um Domínio Próprio

Um domínio próprio significa obter um domínio registrado para você. Ou seja, ele “pertence” a você, de forma que lhe proporciona a autonomia de estar escolhendo as configurações do servidor que melhor lhe atende, assim como gerenciar as contas de e-mail, criar e gerenciar subdomínios, entre muitos outros, instalar e administrar aplicações, entre muitos outros. Claro que tudo isso também depende do seu plano de Hospedagem.

Geralmente um domínio próprio costuma ter um valor de registro e um prazo, que varia de cada empresa e planos, além de variar conforme a extensão do domínio. Porém, também existem opções de extensões gratuitas. Boa parte dos registros costumam ter renovação anual.

No Brasil, a empresa responsável pelos registros de domínios é a Registro.br pertencente ao NIC.br. Ao acessar o site Registro.br você terá acesso a diversas opções de nomes de domínio com a extensão .br. Atualmente, o valor de um domínio de extensão .com.br pelo Registro.br custa R$39,90 anual.

Por que ter um domínio próprio?

Primeiramente, ao possuir um domínio você pode estar hospedando em um servidor, o que lhe permite manter suas aplicações web disponíveis na internet. Ou seja, você pode criar um site, criar algum sistema online, criar e-mails personalizados, entre outros. Porém, possuir um domínio próprio, ou seja, com registro (seja as de renovação anual ou entre as opções grátis que citamos anteriormente) lhe traz uma série de vantagens. Entre elas, as principais são:

  • Um domínio próprio traz maior credibilidade e confiabilidade para seus clientes;
  • Domínios próprios possuem uma reconhecimento muito maior dentro dos mecanismos de busca, como o Google, sendo ótimos para técnicas de SEO;
  • Ter um domínio próprio lhe permite criar conta de e-mail personalizada com o seu domínio, o que também transmite maior credibilidade aos seus clientes;
  • Lhe permite a criação de subdomínios, que podem gerar impacto direto para seus negócios.

Como registrar seu domínio próprio através da HomeHost

Assinando o plano de Hospedagem na HomeHost na modalidade anual ou bianual a partir do plano básico, você garante a primeira anuidade do seu domínio com extensões como .com.br, .net e outros totalmente grátis! Ou seja, durante o primeiro ano do seu registro, você terá o domínio gratuito. Portanto, você só precisará pagar o valor de renovação do domínio que ocorre anualmente!

E caso, ainda assim, você prefira assinar o plano mensal, você pode adquirir a primeira anuidade do seu domínio por apenas R$1,99!

Para isso, basta seguir os seguintes passos: inicialmente, acesse a página inicial da HomeHost ( homehost.com.br ), e você encontrará logo abaixo do banner principal um campo para inserir um nome de domínio. Conforme na imagem abaixo:

Painel de registro de dominio da HomeHost

Digite nele o nome de domínio que você deseja para o seu site. Lembre-se de utilizar um bom nome de domínio, que seja de fácil memorização e que esteja ligado a sua marca pessoal ou de marca de negócio. Você pode estar lendo algumas dicas para escolher um bom nome de domínio no nosso artigo. E não se esqueça, um nome de domínio é único, portanto não pode ser um domínio já existente. Porém, digite o nome que desejas no campo e ele lhe informará se está disponível ou não.

Utilizamos o nome “testemeunomedominio” com a extensão .com.br para poder executar um teste, e ele está disponível, como na imagem abaixo:

Tela de cadastro da homehost

Portanto, agora basta clicar em continuar, preencher todo o formulário de cadastro e assim você terá seu próprio domínio registrado através da Homehost, juntamente com seu plano de hospedagem escolhido!

Acesse agora a página da HomeHost e adquira seu plano de hospedagem e um registro de domínio próprio com a primeira anuidade grátis!

Publicado por

Rafael Marques

Desenvolvedor Web, Investidor e Escritor apaixonado por tecnologia e empreendedorismo! Atual CEO e Desenvolvedor da Startelo - Agência Digital de Desenvolvimento Web.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

hhchat