Como um bom servidor de hospedagem pode triplicar o tráfego orgânico de seu site

O algoritmo do Google vem mudando mensalmente. Desde 2017, a performance de um servidor de hospedagem vem sendo um fator de extrema importância. O Google precisa entregar resultados precisos de corretos aos seus usuários. Sites lentos que demoram a abrir são um problema.

Segundo o Google Analytics, em média um cliente aguarda 5 segundos para um site carregar por completo. Ultrapassando esse tempo, ele simplesmente desiste e escolhe outro site.

Neste artigo, mostraremos como triplicar o tráfego orgânico de seu site fazendo pequenos ajustes rápidos e simples.

Hospedagem de sites

No exemplo a seguir, mostramos um site em WordPress que em maio de 2019 foi migrado para o Plano Avançado Homehost. Um investimento relativamente baixo, frente ao algo resultado obtido. Neste período, possuía em média 17 mil acessos únicos por dia.  Ao final de novembro, o site passou a ter mais de 36 mil visitantes únicos.

analytics do servidor de hospedagem

Neste artigo, explicaremos alguns fatores importantes que farão seu site ganhar mais e mais performance no Google. Podemos ranquear os fatores da seguinte forma:

  • Como medir a velocidade do seu site
  • Escolhendo um plano e um servidor de hospedagem de qualidade
  • CloudLinux
  • Plugins de cache no WordPress
  • Cache de conteúdo e compressão de imagens
  • Minify de CSS e JavaScript

Como medir a velocidade do seu site

O primeiro passo é poder medir e compreender a velocidade do seu site. Recomendamos o Gtmetrix. É uma ferramenta simples e gratuita, que realiza diversos testes em seu site. Através dela, é possível mensurar o tempo total de processamento do servidor de hospedagem e transferência de seu site.

performance gtmetrix

Ainda não tem um www

Através dele, aspectos como a política de cache, tamanho das imagens e organização do seu CSS, HTML e JavaScript também são avaliados. Atualmente, 50% deste resultado vem da performance do servidor de hospedagem, e 50% da organização de seu site.

Porque o servidor de hospedagem é essencial para ter mais acessos do Google?

Primeiramente, o servidor de hospedagem é responsável pela entrega do conteúdo do seu site. Assim que um usuário digita a URL do seu site no navegador, este solicita ao servidor o conteúdo HTML e imagens. O servidor irá buscar no armazenamento e no banco de dados os dados, e entregar ao usuário.

Todos os servidores de hospedagem Homehost utilizam armazenamento SSD para o banco de dados. Isso acelera o WordPress em até 30%. Este comparativo mostra alguns testes realizados entre um servidor comum, executando MySQL em HDD e um servidor SSD. Concluindo, a diferença é enorme.

Sempre que um usuário faz uma busca, o Google irá escolher os melhores dentre centenas de sites na internet. É uma verdadeira concorrência. Além de escolher o conteúdo mais relevante, é importante escolher um servidor que exiba o site rápido para o cliente.

Servidor de hospedagem com CloudLinux

Todos os servidores de hospedagem de sites Homehost possuem a plataforma CloudLinux. Em um servidor de hospedagem compartilhada, diversos clientes dividem o mesmo espaço. Nos servidores mais antigos, por exemplo, sempre que um cliente consumisse muitos recursos, os demais ficavam com a performance muito prejudicada.

Vantagens do CloudLinux:

  • Performance
  • Entrega de recursos em velocidade altíssima
  • Segurança e isolamento
  • Permite múltiplas versões do PHP
  • Segurança do Kernel

Com o CloudLinux, o plano de hospedagem de sites possui os recursos 100% dedicados e bem alocados, sem sofrer interferências indesejáveis de terceiros. Em outras palavras, sua performance fica sempre estável e com o serviço disponível em tempo real. O Google ama isso.

Lembre-se de uma dica: quanto melhor o seu plano de hospedagem, mais CPU e memória RAM serão alocados. Em outras palavras, quanto melhor o plano, mais velocidade para seu site.

Como explicamos anteriormente, quanto maior a performance, mais acessos vindo do Google.

Wp-Optimize: Fazendo cache de imagens e comprimindo imagens no WordPress

Para estar 100% adaptado ao Google atual, algumas otimizações em seu site podem ser importantes. Unindo um bom servidor de hospedagem com um bom plugin de cache, seu site fica imbatível. Usaremos o WordPress como exemplo, porém, o conceito de cache também se aplica a outros sistemas CMS.

Recomendamos o plugin Wp-Optimize.

cache de WordPress

O uso dele é bastante simples. Basicamente você precisa usar duas funções: o cache de páginas e o cache de imagens. Basta habilitar o “page caching”, e assim ele automaticamente já otimizará a entrega de conteúdo das suas páginas.

Outra função muito importante do Wp-Optimize é a compressão de imagens. Ele irá comprimir de forma automática todas as imagens enviadas para seu site. Imagine ter o trabalho de comprimir centenas de imagens uma a uma, baixar e re-enviar por FTP ?  Economize umas boas horas de trabalho usando a função “Compress images”.

Hummingbird: Otimizando o CSS e JavaScript no WordPress

Por mais simples que pareçam, o CSS e JavaScript podem ser grandes vilões na performance de um site. Por se tratarem de linguagens interpretadas (ou seja, são renderizadas no navegador do cliente), demandam tempo de processamento do navegador do cliente.

A expressão “minificar” um CSS ou JavaScript, nada mais é do que reduzir espaços em branco inutilizados no código. Dessa forma, todo o código é reduzido, e é transferido e interpretado em muito menos tempo.

Exemplo de um CSS não minificado:

Agora, o mesmo CSS minificado:

Este processo de minificação também se aplica ao JavaScript, e pode ser feito de forma manual ou automática. Caso prefira, você pode usar sites como o CSS Minifier ou JavaScript Minifier. O uso é muito simples, bastando copiar e colar o conteúdo do seu script.

Ou então, recomendamos um plugin chamado Hummingbird para o WordPress. O Hummingbird fará todo esse trabalho de forma automática, lhe poupando algumas horas de trabalho.

minify wordpress

Conclusão: como ter um servidor de hospedagem otimizado e rápido?

Além de cuidar do conteúdo de seu site, é importante sempre escolher um bom servidor web. Servidores antigos e lentos irão prejudicar seu site no Google. O Google penaliza sites que fiquem fora do ar por longos períodos.

Ajustes internos como cache e minify em seu site irão lhe ajudar a estar em total sintonia com o Google. Faça de tudo para entregar um conteúdo ultra rápido para seus clientes, e você será recompensado com mais e mais tráfego vindo do Google!

Você também pode ver outras dicas de SEO em nosso blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

hhchat