Servidor Web

Servidor Web

A todo momento ao qual interagimos com a Web, estamos, de alguma forma, interagindo com um Servidor Web. Seja ao acessar uma página, ao enviar um formulário, ao enviar e-mails, interagir em redes sociais e outros. Portanto, sem um Servidor Web, a internet provavelmente não existiria da mesma forma que é hoje. Contudo, existem duas interpretações para o Servidor Web. Em uma delas, refere-se ao servidor em formato físico (Hardware). Já a outra definição está relacionado aos programas (software). Portanto, neste artigo, vamos introduzir alguns conceitos básicos para você compreender melhor sobre o assunto e ficar por dentro das suas possibilidades e necessidades quanto a servidores, principalmente se tratando de software. Veremos então os seguintes tópicos:

O que é um Servidor Web

Conforme nossa introdução, já sabemos que o termo “Servidor Web” pode estar relacionado tanto ao formato físico (hardware) quanto aos programas (software). De maneira geral, o Servidor Web é um computador otimizado para poder hospedar um ou mais sites e aplicações na internet. Portanto, o termo Servidor Web também pode se referir a ambos, hardware e software, ao mesmo tempo.

Hardware

Quando se trata de Hardware, o termo Servidor Web está relacionado a todo o equipamento utilizado para montar a máquina. O servidor nada mais é que um computador, porém com arquitetura otimizada para ser um servidor. Nele, encontramos peças comuns aos computadores pessoais, como HD, placa mãe, processadores, memória RAM e outros.

Esta máquina deverá armazenar todo o conteúdo dos sites ou aplicações, além dos programas responsáveis pela comunicação entre cliente e servidor. Portanto, para manter os mesmo no ar, é necessário que o Computador do servidor esteja sempre ligado e conectado a internet. É muito comum encontrar esses computadores montados em formato de Torre ou em Racks.

Servidor Web em Rack ou em Torre

Dessa forma, já pode-se imaginar que manter um servidor próprio possui um alto custo, além de demandar de um bom conhecimento técnico. Portanto, uma opção mais vantajosa e segura é terceirizar a manutenção de servidores por uma empresa especialista. Dessa forma, o servidor Web fica alocado em um Data Center e será mantido por uma empresa de Hospedagem.

Software

Por se tratar de um Computador, o Servidor também possui softwares, como o Sistema Operacional e diversos outros programas que podem ser instalados nele. Dessa forma, podemos incluir programas específicos para executar determinadas tarefas de comunicação entre o servidor e o cliente. Por exemplo: enviar e receber e-mails, enviar páginas de um site para o navegador, armazenar e fornecer arquivos e outros.

Portanto, quando se trata de Software, os Servidores Webs são esses programas, responsáveis por realizar a comunicação entre o servidor e os clientes.

Quando acessamos uma página na internet, através de um navegador, estamos realizando uma ou mais requisições para um Servidor Web. Posteriormente, este servidor deverá interpretar as requisições, através de softwares. Finalmente, enviará as respostas. Dessa forma, o navegador renderizará a página em nossa tela. No caso de um site, este processo é feito através do protocolo HTTP (protocolo de transferência de Hiper-Texto) ou HTTPS, a versão segura do HTTP. Portanto, o servidor web será um programa especifico para receber, interpretar e responder a essas solicitações HTTP ou HTTPS.

O mesmo pode ocorrer para outros tipos de solicitações, como servidores FTP, Servidores de E-Mail, entre outros. É importante saber que um computador pode hospedar um ou mais tipos de Servidores Web. Por exemplo, uma máquina com um Servidor Web HTTP também pode conter um Servidor de E-Mail.

Existem diversos tipos de servidores web disponíveis. Dentre eles, existem opções de Softwares pagos e gratuitos. Atualmente, os mais populares são o Apache, o Nginx e o Microsoft IIS.

Servidor Web de Hospedagem

Para manter uma aplicação ou site online, é necessário hospeda-lo dentro de um servidor. Como explicado no tópico anterior, para manter um servidor, é necessário tanto equipamentos físicos quanto softwares. Além disso, também seria necessário manter o servidor ligado e conectado a internet constantemente. Por fim, seria necessário um bom conhecimento técnico para administrar e configurar o servidor corretamente. Ou seja, manter um servidor próprio é uma alternativa com um custo elevado e muitas vezes dispensável.

Pensando nesse problema, diversas empresas passaram a montar seus próprios data centers com diversos servidores. Com isso, oferecem serviços de aluguel do espaço no servidor, também conhecido como Hospedagem. O Servidor Web e oferecido como parte inerente da maioria dos Serviços de Hospedagem. Essas empresas são responsáveis por manter seus servidores atualizados, seguros, conectados e otimizados. Os valores das hospedagens costumam variar entre cada empresa e os diversos planos existentes.

Também é importante saber que existem alguns tipos diferentes de hospedagem. Você pode conhecer melhor sobre elas em nosso artigo sobre hospedagem de sites.

Existem diversas empresas nacionais e internacionais que oferecem seus serviços de hospedagem, e entre elas, a HomeHost! Uma empresa consolidada no mercado de tecnologia e hospedagem de sites, com técnicos experientes e atenciosos. Estamos em uma constante otimização da nossa infraestrutura e contratação de profissionais cada vez mais técnicos e capazes.

Na HomeHost você encontra diversos planos de hospedagem para você escolher a que melhor atende a suas necessidades!

Planos de hospedagem no Servidor Web da Homehost

Sistema Operacional do Servidor Web

Conforme explicado anteriormente, o Servidor possui um Sistema Operacional e diversos programas podem ser instalados nele. Uma das grandes dúvidas a respeito de servidores é qual Sistema Operacional escolher. O software do Servidor Web deve ser correspondente ao seu Sistema Operacional e aos demais programas instalados.

As melhores Hospedagem de sites atualmente, utilizam sistemas operacionais Windows ou Linux em seus servidores. Os sistemas baseados em Linux são muito utilizados pela maioria dos Servidores Web. Isso acontece pois há uma vasta compatibilidade dos programas, além de oferecer uma boa segurança. Já os sistemas Windows são utilizados em hospedagens que tem como objetivo utilizarem serviços da Microsoft, como a linguagem ASP.NET, o SQL Server, dentre outros.

Portanto, para escolher qual sistema Operacional utilizar, deve-se estar atento ao tipo de aplicações ou sites serão armazenada e mantidas, além do tipo de servidor Web que será instalado. Com isso, você saberá os requisitos quanto ao sistema operacional, e poderá identificar qual melhor atende a suas necessidades.

Tipos de Servidores Web

Existem diversos tipos de servidores web disponíveis. Dentre eles, existem opções de Softwares pagos e gratuitos. Atualmente, os mais populares são o Apache, o Microsoft IIS e o Nginx. Dos três, apenas o Microsoft IIS é pago, sendo os demais gratuitos e de código aberto.

Ainda entre servidores que vem ganhando notoriedade podemos citar o LiteSpeed, o Apache Tomcat e o Node.js.

Apesar de cada servidor possuir suas características, o que os torna diferentes entre si, os seus propósitos são semelhantes: realizar a comunicação entre o servidor e o cliente baseado em requisições HTTP.

Vamos então estudar um pouco sobre os mais populares, o Apache, o Microsoft IIS e o NginX.

Apache

Apache

Utilizado principalmente no Linux, o Apache é, atualmente, o Servidor Web mais popular do mundo, utilizado pelas maiores empresas de tecnologias em servidores. Conhecido simplesmente por Apache ou  Apache HTTP Server, é um software de código aberto, completamente gratuito. Além disso, ele é multiplataforma, podendo ser usado em diversos Sistemas Operacionais, como o Linux e o Windows.

Este servidor tem como particularidade ser altamente personalizável. Ele possui uma estrutura baseada em módulos, de forma que permite o usuário instalar, ativa e desativar recursos e funcionalidades livremente. Dentre os principais módulos, destacam-se os que são focados em segurança, sistema de cache, autenticação de senhas e renomeamento de URL.

O Apache que você tenha um site seguro sem precisar de muito conhecimento técnico. De forma geral, ele é um servidor de fácil configuração, portanto, é  uma das escolhas mais comuns entre donos de sites próprios ou empresas que desejam presença na internet. Além disso, o Apache funciona muito bem com qualquer CMS, com diversas linguagens de programação e com seus frameworks.

Contudo, ele pode ter sérios problemas de desempenho em sites com tráfego muito alto. Sendo assim, é uma ótima opção para sites de pequeno e médio porte.

Microsoft IIS

Microsoft IIS

O Internet Information Server (IIS) é o servidor web oferecido pela Microsoft. Para executar esse servidor, deve-se utilizar uma plataforma Windows.

Por ser um servidor bem integrado com o Sistema Operacional, ele dispões de todos os recursos, assim como o Apache, porém com o diferencial de focar nas tecnologias da própria Microsoft. Dentre elas, destacam-se a integração com a linguagem ASP.NET e o sistema de banco de dados SQL Server.

Apesar de seu foco ser as tecnologias da Microsoft, nada impede de ser utilizado com outras tecnologias.

NGINX

NGINX

O NGINX surgiu com o objetivo de atender a um grande volume de tráfego e, consequentemente, de requisições. O NGINX é um servidor Web de código aberto, gratuito. Ele tem o diferencial de poder ser utilizado como um servidor de Proxy Reverso, balanceador de carga HTTP e proxy de email para os protocolos IMAP, POP3, e SMTP.

A forma que o NGINX funciona se diferencia de um servidor Web Tradicional. Em vez de criar novos processos para cada requisição, o NGINX possui uma abordagem assíncrona e orientada para eventos. Dessa forma, as requisições são gerenciadas em um único segmento.

Uma única processo de trabalho gerado no NGINX pode cuidar de até 1024 solicitações similares. Dessa forma, este servidor consegue atender a milhares de requisições sem dificuldades e com alto desempenho.

O NGINX é bastante utilizado na infraestrutura dos provedores de Hospedagem de sites e também oferecido nos serviços disponibilizados para os clientes.

Devido a sua habilidade de suportar muitas conexões com alta velocidade, tem sido adotado por muitos sites de grande tráfego. Também vem sendo muito utilizado para hospedar e-commerces e plataformas de streaming.

O protocolo TCP/IP

Como já explicado anteriormente, um Servidor Web é responsável por realizar a comunicação entre o servidor e o cliente. Portanto, é importante entender como é realizada esta comunicação.

Para conseguir realizar a comunicação entre dois computadores conectados na mesma rede, é necessário que ambos sejam capazes de entender um ao outro. Ou seja, ambos devem se comunicar em um mesmo “idioma”. Dessa forma, utilizam-se então protocolos de comunicação, que permitem então a perfeita comunicação entre computadores. No caso da internet, o principal protocolo utilizado é o protocolo TCP/IP.

TCP/IP é o acrônimo de dois protocolos: o TCP (Transmission Control Protocol, ou Protocolo de Controle de Transmissão) e IP (Internet Protocol, ou Protocolo de Internet). O protocolo TCP/IP é um conjunto de protocolos que facilitam e possibilitam a comunicação entre duas máquinas conectadas à rede. Ou seja, dentro do protocolo TCP/IP encontramos diversos outros protocolos, como o HTTP, o SMTP, o FTP, etc. Portanto, entender o funcionamento desse protocolo é essencial para entender como funciona um Servidor Web.

As camadas do protocolo TCP/IP

O conjunto de protocolos do TCP/IP é dividido em 4 camadas. Dessa forma, a conexão na internet ocorre na seguinte ordem:

  1. Camada de Aplicação: Usada pelos programas para enviar e receber dados de outros programas pela própria internet. Nessa camada estão os protocolos usado para internet, o FTP, protocolo que transfere arquivos, e o próprio SMTP, responsável por enviar e receber mensagens de e-mail.
  2. Camada de Transporte: Responsável por receber os dados camada anterior, verificar a integridade deles, organiza-los e dividi-los em pacotes menores, que serão enviados à rede.
  3. Camada de Rede: Os arquivos são recebidos e anexados ao IP da máquina que envia e ao que recebe os dados. Dessa forma, realiza então o envio dos dados para a próxima camada.
  4. Camada de Interface: Responsável por receber e enviar os pacotes pela rede. Nesta camada, os protocolos utilizados dependem do tipo de rede que está sendo utilizado. Atualmente, o mais comum é o Ethernet, disponível em diferentes velocidades.

De uma forma resumida, no protocolo TCP/IP, primeiro recebe-se as informações (camada de aplicação). Posteriormente eles são empacotados no formato da rede (camada de transporte). Finalmente, os dados são endereçados (camada de rede) e, então, enviados (camada de interface).

Conclusão

O Servidor Web é um termo que pode se referir tanto a Hardware quanto ao Software. Porém, independente do sentido, é um termo que constitui parte fundamental da Internet que conhecemos hoje em dia. Através dele, garantimos que possa haver o armazenamento de dados em uma máquina conectada a rede, e que permite disponibilizar esses dados para qualquer outra máquina através da internet e protocolos de rede, como o TCP/IP.

Com a leitura dos tópicos deste artigo, você já deve estar finalmente familiarizado com o significado de Servidor Web, e com certeza não terá problemas em escolher o que melhor se adeque a sua necessidade. Além disso, agora você também compreende como funcionam os servidores contidos dentro dos provedores de hospedagem, o que também facilitará a sua escolha por um provedor.

E por falar em Servidor Web, a HomeHost conta com Data Center próprio, garantindo servidores equipados com hardware de última geração e uma infraestrutura de alto nível. Além de possuir excelente suporte com técnicos bem qualificados, experiência de 15 anos de mercado e muito mais! Conheça os planos de hospedagem da HomeHost e inicie seus projetos agora mesmo em servidores de última geração!

Publicado por

Rafael Marques

Desenvolvedor e Escritor apaixonado por Tecnologia, Empreendedorismo e Educação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

hhchat